... Julgo que depois destes malabarismos, os currículos das pessoas com funções políticas activas com o propósito de praticar o bem comum de uma nação, devem ser exigidos e publicados em Diário da Republica para qualquer cidadão poder consultar e certificar-se das habilitações de cada politico. Não deve ser uma opção, mas uma condição contemplada numa lei própria para o efeito, pois como sabemos, nenhum trabalhador é admitido numa função numa empresa, sem referências e/ou curriculo académico/profissional. será verdade que o PS está "calado" neste caso da licenciatura de M. Relvas porque o Irmão Maçon António Seguro dos Bancos (da Universidade Lusófona) foi um dos professores envolvido no processo?...

Euro Crise Económica TVI Portugal: Televisão Portuguesa Alvo de Censura Pela União Fascista Europeia Por Divulgar Conversa Gaspar Schauble, Confirmação do Plano UE NAZI



A divulgação da conversa de Vitor Gaspar com ministro das finanças alemão Wolfgang Schauble onde deu a entender que a Alemanha quer ocupar a Grécia, conversa provocou reacção do presidente grego que disse há dias que Schauble, Alemanha e Holanda não mandam na Grécia, foi fatal à TVI.


Ontem, Wolfgang Schauble voltou a confirmar que a Alemanha quer ocupar a Grécia. Importa salientar que a Alemanha tem para com Atenas, uma dívida de guerra, brutal superior a 575.000.000.000 de Euros.

O repórter da TVI que gravou a "conversa secreta" do ministros europeus Victor Gaspar e Wolfgang Schauble foi suspenso nas reuniões dos fascistas em Bruxelas.



O repórter de imagens cinematográficas da TVI, Antônio Galvão, foi suspenso pelos serviços de imprensa do Conselho Europeu após gravar a polêmica "conversa secreta", no último dia 9/2, entre o ministro alemão Wolfgang Schäuble e o ministro português Vítor Gaspar. O jornalista está proibido de fazer captação de imagens por tempo indeterminado


A TVI foi hoje impedida de filmar o começo da reunião dos ministros das Finanças da zona euro, como consequência da divulgação recente de uma conversa entre Vítor Gaspar e o seu homólogo alemão.
O encontro do Eurogrupo, que arrancou cerca das 16:00 em Bruxelas, menos uma hora em Lisboa, não contou com a presença do operador de imagem da estação de Queluz de Baixo, suspenso preventivamente pela censura Fascista do serviço de controle de imprensa do Conselho Europeu.

Além disso, o serviços de imprensa do Conselho Europeu, responsáveis por estipular os termos de censura e controle do trabalho da comunicação social em Bruxelas, fixaram regras mais duras para a gravação de imagens antes das reuniões ministeriais.

A suspensão do repórter é consequência da divulgação das imagens de uma conversa entre Vítor Gaspar e Wolfgang Schäuble antes da reunião do Eurogrupo. Na ocasião, o ministro das Finanças alemão, em conversa com com o ministro das Finanças de Portugal, disse a Gaspar que depois de terem a Grecia sob controle, a Alemanha estava disposta a aprovar um segundo resgate financeiro a Portugal. As imagens mostravam Vítor Gaspar agradecendo, e dizendo que tinham feito excelentes avanços no Plano Globalista Europeu, plano que foi delineado em 1944 e que consta do RELATÓRIO de 7 de Novembro de 1944 "US MILITARY INTELIGENCE SECRET REPORT EW-PA 128 SUBJECT: German Industrialists plans to Engage its Underground Activity After German's Defeat"... Ao que Wolfgang Schable respondeu; "Sim, vocês sim..."

Recorte do RELATÓRIO de 7 de Novembro de 1944
"US MILITARY INTELIGENCE SECRET REPORT EW-PA 128
SUBJECT: German Industrialists plans to Engage its Underground Activity After German's Defeat"

Imagem com legendas e sequência da Conversa entre os ministros das finanças
Vitor Gaspar ministro de Portugal e Wolfgang Schauble ministro da Alemanha

Abaixo o polémico video da conversa do Vitor Gaspar com Wolfgang Schauble onde se pode confirmar a estratégia da Alemanha, e  que provocou a suspensão da TVI nas reuniões dos Fascista da Europa


Pra ver no Youtube Wolfgang Schauble Conversa com Gaspar youtube video

Não se sabe ainda se os alemães que lucram com a crise da zona euro, terão a última palavra na reunião do Eurogrupo sobre a Grécia. Mas sabe-se que a divulgação da conversa entre o ministro das Finanças alemão e o seu homólogo português foi fatal ao operador de câmara da TVI, que hoje não poderá captar as imagens que antecedem o encontro dos ministros da economia e finanças da zona euro.

Curiosamente, houve outras televisões a captarem conversas informais com alguns dos intervenientes na última reunião do Eurogrupo, como a espanhola, entre o ministro das finanças de Madrid e Olli Rehn, o comissário europeu dos assuntos económicos. Mas nada lhes aconteceu.

“A proibição de captar imagens antes da reunião aplicou-se apenas à TVI”, disse o jornalista Pedro Moreira ao i. “A única explicação que encontro é o visado ter sido um alemão. Mas estamos de consciência tranquila porque fizemos o nosso trabalho. Esperemos que o facto de a câmara da TVI não estar na sala ajude o conselho a combater a recessão e o problema do desemprego, que já atinge 24 milhões de europeus”.


"Estamos de consciência tranquila. Fizemos o nosso trabalho e esperamos que o facto da câmara da TVI não estar na sala ajude o Conselho Europeu a fazer o seu trabalho para combater a recessão económica e o desemprego de 24 milhões de europeus", comentou à agência Lusa Pedro Moreira, correspondente da TVI em Bruxelas.

O jornalista assinalou que a suspensão é preventiva, abrangendo a reunião de hoje do Eurogrupo e de terça-feira do Ecofin (ministros das Finanças dos 27 Estados-membros).

No começo de fevereiro, a TVI divulgou uma conversa informal entre o ministro das Finanças português, Vítor Gaspar, e o seu homólogo alemão, Wolfgang Schauble, antes do início da reunião dos ministros das Finanças da zona euro, na qual este disse que a Alemanha estaria disponível para rever as condições do acordo assinado com Portugal uma vez resolvida a questão da Grécia.


Sem TVI mas com a Grécia antes, durante e depois, o Eurogrupo decide hoje se desbloqueia mais uma tranche do empréstimo a Atenas, que deverá rondar os 130 mil milhões de euros. Uma decisão difícil, tendo em conta as múltiplas incógnitas que rodeiam o sim de Atenas a mais um pacote de austeridade sem que se veja a luz ao fundo do túnel, quer ao nível do crescimento quer na redução da dívida pública e do défice.

A começar pelas próximas legislativas de Abril que certamente darão origem a um novo governo de coligação, uma vez que nenhum partido está em condições de obter a maioria. E não fora a recusa dos comunistas do KKE, poderia vencer a Coligação da Esquerda Radical.

O ministro das finanças alemão dos negócios "Edge Funds", Wolfgang Schäuble voltou ontem a sugerir que a Grécia é um caso perdido numa entrevista publicada pelo “Tagesspiegel am Sonntag”. “Estamos prontos, desde há algum tempo, para participar na reconstrução de um sistema tributário eficiente na Grécia”, disse. “Mas o governo grego não aceitou o nosso convite até agora. E para se poder ajudar alguém, a primeira condição é que esse alguém queira realmente ser ajudado”.

O responsável pelas finanças alemãs recusou qualquer ideia de um acordo por etapas, que tem vindo a ser defendida na última semana. “Um acordo por etapas ou um acordo passo a passo não seria construtivo. Decidiremos sobre um programa concreto”, acrescentou.

A posição de Schäuble foi reforçada pelo seu homólogo da Economia, Phillipp Rösler, que pretende de Atenas informação periódica sobre os avanços da economia e os resultados da ajuda, bem como previsões concretas sobre o que o governo planeia fazer com a nova tranche do resgate.


É ALTURA DE FICAR INDIGNADO, ABRIR OS OLHOS E ACABAR COM ESTA UE DOMINADA PELA ALEMANHA


É TEMPO DE CRIAR UMA UNIÃO EUROPEIA PARA OS CIDADÃOS.


solução para recuperar da crise, passa por restaurar a democracia deixar falir os bancos, como na Islândia.

Write About Or Link To This Post On Your Blog - Easy Links :
Link Directly To This Post :

Link To The Homepage :

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são livres, portanto não expressam necessariamente a opinião do blog.
Usem-no com sapiência, respeito com os demais e fiquem a vontade.
A Administração do Website

Revolta Total Global Democracia Real Já

Democracia Real Ya
Saiba Quem Manda nas Agências de Rating
Saiba Como Funcionam, a Quem Benificiam e Servem os Ratings das Agências de Notação Financeira; Conheça a Moody's

Occupy The Banks

Conheça Dívida Soberana das Nações e o Império do Fundo Monetário Internacional FMI

World Revolution For Real Democracy Now
Conheça os Estatutos do FMI; Direito Especial de Saque Incluido

Take The Square

Occupy Everything

Tomem as Praças
Saiba Porque não Falam na Islândia

Recent Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...