... Julgo que depois destes malabarismos, os currículos das pessoas com funções políticas activas com o propósito de praticar o bem comum de uma nação, devem ser exigidos e publicados em Diário da Republica para qualquer cidadão poder consultar e certificar-se das habilitações de cada politico. Não deve ser uma opção, mas uma condição contemplada numa lei própria para o efeito, pois como sabemos, nenhum trabalhador é admitido numa função numa empresa, sem referências e/ou curriculo académico/profissional. será verdade que o PS está "calado" neste caso da licenciatura de M. Relvas porque o Irmão Maçon António Seguro dos Bancos (da Universidade Lusófona) foi um dos professores envolvido no processo?...

15 O Lisboa Portugal Manifestação Protesto: Democracia Verdadeira Já Marquês de Pombal Assembleia Popular São Bento Assembleia da República



15 O Portugal Manifestação Protesto Lisboa Manif 15 de Outubro a Democracia Sai á Rua Democracia Verdadeira Já Ya 19M Acampada Lisboa Indignados Concentração Marquês de Pombal Concentração São Bento Assembleia da República Assembleia Popular Revolução Portuguesa Revolution Revolucion World Revolution WorldRevolution Globalrevolution Globaal Portuguese Revolution Revolução Lusa palop Revolução Ibérica Movimento 15 Outubro
15 de Outubro a Democracia sai à rua!

Hora Sábado, 15 de Outubro às 15:00 - 16/10 às 0:00

Local Marquês de Pombal, Lisboa

Criado por Movimento 15 Outubro

Mais informação 15 de Outubro a Democracia sai à rua!

15H00 - MANIFESTAÇÃO
Concentração no Marquês de Pombal

19H00 - ASSEMBLEIA POPULAR
São Bento - Assembleia da República

00H00 - VIGÍLIA


Subscritores:
Democracia Verdadeira Já 15M
Democracia Verdadeira Já 19M - Acampada Lisboa
Democracia Verdadeira Já 19M - Indignados Lisboa
Democracia Verdadeira Já 19M - Santarém
M12M - Movimento 12 de Março

(estamos em contacto com muitos outros grupos)

PROTESTO APARTIDÁRIO, LAICO E PACÍFICO

- Pela Democracia participativa.
- Pela transparência nas decisões políticas.
- Pelo fim da precariedade de vida.

MANIFESTO:

Somos “gerações à rasca”, pessoas que trabalham, precárias, desempregadas ou em vias de despedimento, estudantes, migrantes e reformadas, insatisfeitas com as nossas condições de vida. Hoje vimos para a rua, na Europa e no Mundo, de forma não violenta, expressar a nossa indignação e protesto face ao actual modelo de governação política, económica e social. Um modelo que não nos serve, que nos oprime e não nos representa.

A actual governação assenta numa falsa democracia em que as decisões estão restritas às salas fechadas dos parlamentos, gabinetes ministeriais e instâncias internacionais. Um sistema sem qualquer tipo de controlo cidadão, refém de um modelo económico-financeiro, sem preocupações sociais ou ambientais e que fomenta as desigualdades, a pobreza e a perda de direitos à escala global. Democracia não é isto!

Queremos uma Democracia participativa, onde as pessoas possam intervir activa e efectivamente nas decisões. Uma Democracia em que o exercício dos cargos públicos seja baseado na integridade e defesa do interesse e bem-estar comuns.

Queremos uma Democracia onde os mais ricos não sejam protegidos por regimes de excepção. Queremos um sistema fiscal progressivo e transparente, onde a riqueza seja justamente distribuída e a segurança social não seja descapitalizada; onde todas as pessoas contribuam de forma justa e imparcial e os direitos e deveres dos cidadãos estejam assegurados.

Queremos uma Democracia onde quem comete abuso de poder e crimes económicos e financeiros seja efectivamente responsabilizado por um sistema judicial independente, menos burocrático e sem dualidade de critérios. Uma Democracia onde políticas estruturantes não sejam adoptadas sem esclarecimento e participação activa das pessoas. Não tomamos a crise como inevitável. Exigimos saber de que forma chegámos a esta recessão, a quem devemos o quê e sob que condições.

As pessoas não são descartáveis, nem podem estar dependentes da especulação de mercados bolsistas e de interesses financeiros que as reduzem à condição de mercadorias. O princípio constitucional conquistado a 25 de Abril de 1974 e consagrado em todo o mundo democrático de que a economia se deve subordinar aos interesses gerais da sociedade é totalmente pervertido pela imposição de medidas, como as do programa da troika, que conduzem à perda de direitos laborais, ao desmantelamento da saúde, do ensino público e da cultura com argumentos economicistas.

Os recursos naturais como a água, bem como os sectores estratégicos, são bens públicos não privatizáveis. Uma Democracia abandona o seu futuro quando o trabalho, educação, saúde, habitação, cultura e bem-estar são tidos apenas como regalias de alguns ou privatizados sem que daí advenha qualquer benefício para as pessoas.

A qualidade de uma Democracia mede-se pela forma como trata as pessoas que a integram.

Isto não tem que ser assim! Em Portugal e no Mundo, dia 15 de Outubro dizemos basta!

A Democracia sai à rua. E nós saímos com ela.



15H00 - MANIFESTAÇÃO
Concentração no Marquês de Pombal

19H00 - ASSEMBLEIA POPULAR
São Bento - Assembleia da República

00H00 - VIGÍLIA

15 de Outubro a Democracia sai à rua Lisboa, Portugal, Concentração no Marquês de Pombal!

PROTESTOS:

Coimbra
15 de Outubro a Democracia sai à rua! Coimbra, Portugal

Porto
Porto 15 de Outubro a Democracia sai à rua!

Braga
Braga 15 de Outubro a Democracia sai à rua!

Faro
Faro 15 de Outubro a Democracia sai à rua!

Angra do Heroísmo
Angra do Heroísmo Açores 15 de Outubro a Democracia sai à rua!

Internacionais
15 de October 15!

http://www.facebook.com/event.php?eid=113736602047697

http://may15internationalorganization.blogspot.com/2011/09/occupywallstreet-roseanne-barr-speaks.html

http://may15internationalorganization.blogspot.com/2011/08/dry-15-o-international-mobilization.html

October 15 World Revolution!

http://revoltatotalglobal.blogspot.com/2011/09/internacional-dry-15-o-uniao-africana.html

Lisboa (Marquês de Pombal), Porto (Praça da Batalha), Braga (Avenida Central), Coimbra (Praça da República), Évora (Praça Sertório), Faro (Jardim Manuel Bívar) - 15:00
Angra do Heroísmo (Praça Velha) - 14:00


Attac Portugal
http://attacportugal.webnode.com/

C.B.L. - Casa do Brasil de Lisboa
http://www.casadobrasil.info/

Democracia Verdadeira Já 15M
http://15maio.blogspot.com/

F.E.R.V.E.
http://fartosdestesrecibosverdes.blogspot.com/

G.A.I.A.
http://gaia.org.pt/

Indignados Lisboa
http://indignadoslisboa.net/

Jornal Mudar de Vida
http://www.jornalmudardevida.net/

M.M.M. - Marcha Mundial das Mulheres http://www.marchamundialdasmulheres.blogspot.com/

M12M - Movimento 12 de Março
http://www.movimento12m.org/

Movimento de Professores e Educadores 3R’s
http://3rs-spgl.blogspot.com/

Movimento GerAções
http://movimentogeracoes.org/


Portugal Uncut
http://portugaluncut.blogspot.com/

Precários Inflexiveis
http://www.precariosinflexiveis.org/

Revista Rubra
http://www.revistarubra.org/

S.O.S. Racismo
http://www.sosracismo.pt/

U.M.A.R.União de Mulheres Alternativa e Resposta
http://www.umarfeminismos.org/


--
http://www.15deoutubro.net/
geral@15deoutubro.net
http://www.facebook.com/pages/15-Outubro/161447463927164

(este evento não tem hora marcada para terminar)

http://www.facebook.com/pa​ges/15-Outubro/16144746392​7164

Write About Or Link To This Post On Your Blog - Easy Links :
Link Directly To This Post :

Link To The Homepage :

OccupyWallStreet USDR Revolution RTP, SIC, TVI: A Revolução Atingiu Wall-Street Coração do Capital da Especulação da Crise Financeiro



OccupyWallStreet, Depois da Praça Tahir Egipto, Porta do Sol Espanha e Rossio Lisboa, Portugal, a Revolução Islandesa, Primavera Árabe chega aos Estados Unidos, A Revolução não vista na televisão (RTP, SIC, TVI, CNN, FOX, BBC, TVE atingiu Wall Street, Nova York, EUA, coração do capital financeiro. A Revolução das acampadas, estilo Iceland Revolution, Árabe Spring, antingiu o coração da besta do monstro do capital financeiro especulativo e não passa nos meios de comunicação de DesInformação nacional: RTP, SIC, TVI
#OccupyWallStreet #USDR – Depois da Praça Tahir (Egipto), Porta do Sol (Espanha) e Rossio (Lisboa - Portugal), a Revolução Islandesa, “Primavera Árabe” chega aos Estados Unidos.

A Revolução não vista na televisão (RTP, SIC, TVI, CNN, FOX, BBC, TVE...) atingiu Wall Street, Nova York, EUA, coração do capital financeiro.
A Revolução das acampadas, estilo Iceland Revolution, Árabe Spring, antingiu o coração da besta do monstro do capital financeiro especulativo e não passa nos meios de comunicação de DesInformação nacional  (RTP, SIC, TVI)



"Não acho que a revolução seja fácil e nem acho que ela aconteça da noite para o dia, mas é muito bom saber que também na seara do império a cidadania se levanta para protestar. Assim como a Revolução do Jasmim levantou o povo árabe, este movimento no seio do império começa a sinalizar movimentos maiores. É saudável a mobilização popular, em especial quando ela acontece para exigir democracia. Saúdo este movimento. É tempo de rebeldia. É tempo de mobilização. E é tempo de elaborar o caminho necessário para que o mundo saia do atoleiro em que foi jogado pelo neoliberalismo capitalista.

A Revolução não vista na televisão (RTP, SIC, TVI, CNN, FOX, BBC, TVE, não aparece nos jornais DN, JN, Ionline atingiu Wall Street, Nova York, EUA, coração do capital financeiro. A Revolução das acampadas, estilo Iceland Revolution, Árabe Spring, antingiu o coração da besta do monstro do capital financeiro especulativo e não passa nos meios de comunicação de DesInformação nacional  (RTP, SIC, TVI









Como os nossos irmãos e irmãs no Egipto, Grécia, Espanha e Islândia, que planeja usar a tática revolucionária Primavera árabe de ocupação em massa para restaurar a democracia na América. Nós também encorajamos o uso de não-violência para alcançar nossos objetivos e maximizar a segurança de todos os participantes.
Convocado inicialmente pela Adbusters em julho, o chamado para a ocupação pacífica de Wall Street ganhou força em outros coletivos como o Anonymous, the NYC General Assembly e a US Day of Rage, desde então centenas de pessoas somaram-se a convocação pelo início das manifestações que atendem por “Ocupe Wall Street”. Usa-se basicamente as redes sociais digitais para a mobilização, no Twitter usa-se a tag #OccupyWallStreet para agregar e espalhar a informação pelas redes de contato.
Ocupam Wall Street é movimento de resistência sem líder com pessoas de muitas cores, sexos e orientações políticas. A única coisa que todos nós temosem comum é que somos os 99% que não vai mais tolerar a ganância eacorrupção do 1%.
A motivação no chamado é pela recuperação da “democracia”, combate a corrupção”, e defesa do trabalho autogestionário como forma de enfrentamento a “crise econômica” que passa o planeta, em especial os Estados Unidos, país que vem mês a mês batendo recordes de desemprego e crescimento de taxas de pobreza absoluta. A seguir itens da “avaliação” que está na chamada do site principal https://occupywallst.org/:
2. Se você concorda que uma pessoa tem direito ao suor dos seus rostos, que ser talentoso em gestão não deve autorizar outros a agir como bispos e senhores, que todos os trabalhadores devem ter o direito de se envolver nas decisões, democraticamente, então você pode ser um um de nós.
5. Se você concorda que o Estado ea corporação são apenas dois lados da mesma estrutura de poder opressivo, se você perceber como a mídia distorce as coisas para preservá-lo, como ele coloca o povo contra o povo para permanecer no poder, então você pode ser um de nós.
A chamada segue com a convocação e sua linha principal:
1. Fazemos um apelo para protestos para permanecer ativo nas cidades. Aqueles que já estão lá, para crescer, para organizar, para levantar consciências, para aqueles municípios onde não há protestos, por protestos de organizar e perturbar o sistema.
2. Nós chamamos para que os trabalhadores não só atacar, mas aproveitar seus locais de trabalho em conjunto, e organizá-los democraticamente. Fazemos um apelo para alunos e professores para atuar em conjunto, para ensinar democracia, não apenas os professores para os alunos, mas os alunos para os professores. Para aproveitar as salas de aula e mentes livres juntos.
3. Apelamos para os desempregados, para voluntários, para aprender, para ensinar, para usar o que eles têm habilidades para se sustentar, como parte do povo revoltante como uma comunidade.
4. Chamamos para a organização das assembléias das pessoas em cada cidade, cada praça pública, a cada município.
5. Apelamos para a apreensão e uso de prédios abandonados, das terras abandonadas, de todos os bens apreendidos e abandonados por especuladores, para o povo, para cada grupo que vai organizá-los.
Como no seus pares Tahir e Porta do sol, a ocupação de Wall Street usufruiu da tecnologia, em especial da internet, diferencial que deverá ser potencializado no caso americano. A atitude vai além da tag da manifestação, o coletivo criou um email 9.17occupywallstreet @ gmail.com para contato, e um fone (877) 881-3020 - sem registro da ligação para dúvidas, informes e orientações rápidas. Compõem também o arsenal pacífico um grande número de cartazes e até um manual que orienta o ato, a cobertura de fotos também está excelente via FlickR (AQUI) mas o ponto alto é a transmissão ao vivo, assim como na Porta do Sol do M15 da Espanha, a ocupação está sendo transmitida em vídeo pela internet via canais Movimento 15M, Global Revolution, World Revolution.

LiveStream 1

LiveStream 2
Sigamos acompanhando e comentando em posts futuros, por certo a mídia dará pouca repercussão, os blogs levarão a notícia OccupyWallStreet. Segue abaixo mais cartazes, o movimento prossegue.
Leia também: “Ocupar Wall Street: Protestos de massa chegam aos EUA” Por Idelber Avelar na Revista Fórum.

Write About Or Link To This Post On Your Blog - Easy Links :
Link Directly To This Post :

Link To The Homepage :

Recent Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...