... Julgo que depois destes malabarismos, os currículos das pessoas com funções políticas activas com o propósito de praticar o bem comum de uma nação, devem ser exigidos e publicados em Diário da Republica para qualquer cidadão poder consultar e certificar-se das habilitações de cada politico. Não deve ser uma opção, mas uma condição contemplada numa lei própria para o efeito, pois como sabemos, nenhum trabalhador é admitido numa função numa empresa, sem referências e/ou curriculo académico/profissional. será verdade que o PS está "calado" neste caso da licenciatura de M. Relvas porque o Irmão Maçon António Seguro dos Bancos (da Universidade Lusófona) foi um dos professores envolvido no processo?...

Máfia Portuguesa, Político Negócios Corrupção Norte: Padre Paga 50 Mil Euros e Banco BES Perdoa Dívida a Vereador do CDS Eleito Ilegalmente á Câmara do Porto; e Opinião de Jurista em Video



BES Perdoa dívida a  vereador do CDS/PP com mandto ilegal na Câmara do Porto, quase metade dos créditos foi perdoada, e padre de Rio de Mouro Paga restantes 50.000

 

Porto: Terceiros pagam dívidas de vereador falido

Dívida de 102 mil euros do vereador da Câmara do Porto, eleito pelo CDS-PP e actualmente com mandato suspenso, foi paga através de terceiros e quase metade dos créditos reclamados foram mesmo perdoados.

Máfia Portuguesa; Político Negócios; Norte; Padre; Banco BES Perdoa Dívida; Vereador do CDS; Eleito Ilegalmente á Câmara do Porto; Corrupção
Máfia Portuguesa, Político Negócios Corrupção Norte:
Banco BES Perdoa Dívida a Vereador do CDS Eleito Ilegalmente á Câmara do Porto

O Padre com voto de pobreza e isso, onde terá arranjado o dinheiro? E o BES, A que se deverá tamanha boa vontade de um Banco? O BES cobra numas Parcerias Público Privadas e pagamos nós todos. ATÉ QUANDO VAMOS PERMITIR?

Máfia Portuguesa; Político Negócios; Norte; Padre; Banco BES Perdoa Dívida; Vereador do CDS; Eleito Ilegalmente á Câmara do Porto; Máfia Portuguesa, Político Negócios Corrupção; Corrupção
Máfia Portuguesa, Político Negócios Corrupção: Vereador do CDS Eleito Ilegalmente á Câmara do Porto


O vereador do CDS/PP com mandato suspenso na Câmara do Porto, Manuel Gonçalves, pagou através de terceiros 102 mil euros de dívidas no processo de falência, tendo recebido o perdão de quase metade dos créditos reclamados.

As informações constam dos autos do processo do Tribunal de Comércio de Gaia, a que a Lusa teve esta segunda-feira acesso.

Máfia Portuguesa; Político Negócios; Norte; Padre; Banco BES Perdoa Dívida; Vereador do CDS; Eleito Ilegalmente á Câmara do Porto; Máfia Portuguesa; Político Negócios; Corrupção
Máfia Portuguesa, Político Negócios Corrupção:
Padre Paga 50 Mil Euros
Banco BES Perdoa Dívida a Vereador do CDS Eleito Ilegalmente á Câmara do Porto


A Fleet Properties, que reclamava 122,2 mil euros, recebeu no fim de Fevereiro 48 mil euros de um padre de Rio de Mouro, cujo apelido é igual ao do vereador. Os dados estão num dos quatro recibos de quitação apresentados por Manuel Gonçalves para comprovar em tribunal o pagamento "dos créditos devidamente reconhecidos" no processo, com vista à "cessação dos efeitos da declaração de falência".
Manuel Gonçalves está desde 8 de Fevereiro com o mandato suspenso na Câmara do Porto, "por 30 dias, renováveis por idênticos períodos, até que a reabilitação esteja comprovada", devido à alegada inelegibilidade nas autárquicas de 2009, por se encontrar falido.

A liquidação das dívidas constante dos quatro recibos de quitação é de 101 mil euros e os autos apontam para cerca de 135 mil euros de obrigações perdoadas, já que em Janeiro o tribunal contabilizava mais de 238 mil euros de créditos reclamados.

O BES, que solicitava o pagamento de mais de 78,3 mil euros, recebeu agora 20 mil euros de um empresário da Póvoa de Varzim, localidade de residência do vereador. O montante foi suficiente para o banco considerar que, "com o presente pagamento, Manuel Gonçalves fica desonerado de todas as responsabilidades reclamadas no processo de falência", escreve-se nos autos.

Também a Unicre informou o Tribunal de que "prescinde do seu crédito", em Janeiro avaliado em 7.419 euros (dos quais mais de dois mil euros de juros, referentes à "utilização de cartão de crédito").


Vereador de câmara do Porto ocupa cargo de forma irregular, diz jornal


Publicado a 27 JAN 12 às 07:38

Vereador de câmara do Porto ocupa cargo de forma irregular, diz jornal

Publicado a 27 JAN 12 às 07:38O Correio da Manhã diz que Manuel Fernandes Gonçalves omitiu a informação de que tinha declarado falência pessoal em 2008, uma situação que o impede de ocupar cargos públicos.

O vereador do Ambiente da Câmara Municipal do Porto ocupa o cargo de forma irregular por ter declarado falência pessoal em 2008, noticiou o Correio da Manhã.

De acordo com este jornal, o democrata-cristão Manuel Fernandes Gonçalves omitiu esta informação que, de acordo com a lei, o impedia de assumir cargos públicos.

Ainda segundo o Correio da Manhã, esta situação pode colocar em causa as decisões que este vereador tomou, uma vez que estas podem ser consideradas nulas.

Em causa está um caso de insolvência pessoal em 2004 na sequência de dificuldades no pagamento de dívidas das suas empresas aos credores.

Nesse ano, entrou no Tribunal de Comércio em Gaia um processo de falência, tendo o incumprimento continuado e os seus bens sido alvo de arresto num processo que culminou com a declaração de falência publicada em Diário da República em Maio de 2008.

Para além de não poder exercer qualquer cargo público, Manuel Fernandes Gonçalves ficou impedido de exercer qualquer cargo no sector económico.

Em Outubro de 2011, Fernandes Gonçalves tinha assumido a pasta da Protecção Civil, Controlo Interno e Fiscalização, uma das mais importantes, depois de ter substituído o colega de partido Sampaio Pimentel neste cargo.

Vejamos a opinião de um perito, o lider parlamentar do CDS

Corrupção Revoltante na Assembleia! Lider CDS Sem Dúvidas: Sempre ao Lado dos Criminosos




Nuno Magalhães Deputado CDS na Assembleia da Républica Portuguesa Entre Vitimas e Criminosos, nós não temos dúvidas, nós estamos Sempre Ao Lado dos Criminosos. Os outros deputado riem e batem palmas.

Nuno Magalhaes é o lider, o Presidente do Grupo Parlamentar do CDS PP deputado eleito pelo circulo eleitoral de Setubal

Isto é gravissímo e Assunção Esteves, a Presidente manda seguir.

Write About Or Link To This Post On Your Blog - Easy Links :
Link Directly To This Post :

Link To The Homepage :

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são livres, portanto não expressam necessariamente a opinião do blog.
Usem-no com sapiência, respeito com os demais e fiquem a vontade.
A Administração do Website

Revolta Total Global Democracia Real Já

Democracia Real Ya
Saiba Quem Manda nas Agências de Rating
Saiba Como Funcionam, a Quem Benificiam e Servem os Ratings das Agências de Notação Financeira; Conheça a Moody's

Occupy The Banks

Conheça Dívida Soberana das Nações e o Império do Fundo Monetário Internacional FMI

World Revolution For Real Democracy Now
Conheça os Estatutos do FMI; Direito Especial de Saque Incluido

Take The Square

Occupy Everything

Tomem as Praças
Saiba Porque não Falam na Islândia

Recent Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...