... Julgo que depois destes malabarismos, os currículos das pessoas com funções políticas activas com o propósito de praticar o bem comum de uma nação, devem ser exigidos e publicados em Diário da Republica para qualquer cidadão poder consultar e certificar-se das habilitações de cada politico. Não deve ser uma opção, mas uma condição contemplada numa lei própria para o efeito, pois como sabemos, nenhum trabalhador é admitido numa função numa empresa, sem referências e/ou curriculo académico/profissional. será verdade que o PS está "calado" neste caso da licenciatura de M. Relvas porque o Irmão Maçon António Seguro dos Bancos (da Universidade Lusófona) foi um dos professores envolvido no processo?...

Crise Social, Económica Financeira Máfia Internacional Europa: "Se Tivesse de Investir Apostaria Contra o Euro"; Declarações de George Soros; Multimilionário Norte Americano, The Puppet Master, Famoso Mestre de Marionetas e Palhaços in Entrevista Le Monde, Paris, França



Crise; Social; Económica; Financeira; Máfia; Internacional; Europa; Euro;Investir; Paris; França; Le Monde; Entrevista; Declarações; Geoge Soros; Contra; Palhaços; Marionetas; Mestre; Norte

Crise Social, Económica Financeira Máfia Internacional Europa:

"Se Tivesse de Investir Apostaria Contra o Euro"

Declarações de George Soros The Puppet Master

Famoso Mestre de Marionetas e Palhaços

Multimilionário Norte Americano

in Entrevista Le Monde, Paris, França

Paris, França, Máfia Internacional; Europa

Euro, Crise Social, Económica e Financeira: "Se tivesse de investir seria contra o euro" - George Soros The Puppet Master,n Multimilionário Norte Americano, e Famoso Mestre de Marionetas e Palhaços


Paris - O investidor e filantropo multimilionário norte-americano George Soros afirmou quarta-feira que "se tivesse de investir, apostaria contra o euro", considerando que, mesmo que a moeda única europeia sobreviva à crise, a Europa enfrenta um período de grandes dificuldades".

Em entrevista ao diário francês 'Le Monde', Soros garante que hoje "a crise do euro ameaça destruir a União Europeia" e defende que "os dirigentes do Velho Continente estão a levar a Europa à ruína", uma ideia que está em linha com o exposto no seu último livro, "O caos financeiro mundial".

Soros, que fez parte da sua fortuna depois da queda da libra esterlina em 1992 ao apostar contra a divisa britânica cerca de 10.000 milhões de dólares, disse que "se tivesse de investir" agora, a aposta seria contra o euro.

Para o financeiro, "a introdução do euro, em vez de criar convergência, trouxe divergências". Soros pensa que os países mais débeis da zona euro estão na mesma situação "dos países de terceiro mundo" que contraíram empréstimos em divisas estrangeiras.

Crise Portugal; MST; Movimento Sem Terra; George Soros; Eric Cantona; Bancos; Brasil; Crise; Euro; Investir; Solução; Revolução

George Soros diz que Se tivesse de investir seria contra o euro;

Eric Cantona Diz que os Bancos São os Culpados da Crise;

Movimento Sem Terra MST Sabem Que a Solução é Revolução

MST Ocupm Bancos do Banco do Brasil



O mestre de marionetas norte-americano de origem húngara considera que, ainda que o euro resista a esta crise, a Europa tem diante de si um período difícil, "semelhante ao que ocorreu na América Latina depois da crise de 1982 e ao Japão, estagnado há 25 anos".

No entanto, a diferença do caso europeu face a estes, sublinha, é que "a União Europeia não é um país", e por isso Soros receia que não sobreviva à actual crise, acrescentando que os dirigentes europeus se deram conta dos tumultos económicos e financeiros "demasiado tarde".

Para o multimilionário, apesar de o Banco Central Europeu (BCE) "ter inventado medidas fora do normal, como os empréstimos a três anos aos bancos", o contra-ataque do Bundesbank, a entidade emissora alemã, "rompeu esse efeito".

"Toda a Europa está guiada pela ortodoxia do Bundesbank", diz Soros ao jornal francês, adiantando que o banco central alemão "está a empurrar a Europa para a deflação" porque, explica, "é impossível reduzir a dívida, afundando o crescimento".

A poucos dias do arranque da primeira volta para as eleições presidenciais francesas, cuja primeira e segunda rondas decorrem este domingo e a 6 de Maio, respetivamente, George Soros entende que, caso seja eleito, o socialista François Hollande "terá muitas dificuldades em afastar-se da linha alemã".
"Questionar a ortodoxia financeira poderia expor o país a um ataque dos mercados", conclui o norte-americano, acrescentando que Paris se encontra numa "situação precária".

A Solução é Revolução!

 

25v de Abril, Revolução Geral Movimento de Cidadãos Contra o Sistema... Junta-te a Nós

 

Em Lisboa e Porto,.. Quem Não Puder ir Protesta Onde Estiver!


Write About Or Link To This Post On Your Blog - Easy Links :
Link Directly To This Post :

Link To The Homepage :

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são livres, portanto não expressam necessariamente a opinião do blog.
Usem-no com sapiência, respeito com os demais e fiquem a vontade.
A Administração do Website

Revolta Total Global Democracia Real Já

Democracia Real Ya
Saiba Quem Manda nas Agências de Rating
Saiba Como Funcionam, a Quem Benificiam e Servem os Ratings das Agências de Notação Financeira; Conheça a Moody's

Occupy The Banks

Conheça Dívida Soberana das Nações e o Império do Fundo Monetário Internacional FMI

World Revolution For Real Democracy Now
Conheça os Estatutos do FMI; Direito Especial de Saque Incluido

Take The Square

Occupy Everything

Tomem as Praças
Saiba Porque não Falam na Islândia

Recent Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...