... Julgo que depois destes malabarismos, os currículos das pessoas com funções políticas activas com o propósito de praticar o bem comum de uma nação, devem ser exigidos e publicados em Diário da Republica para qualquer cidadão poder consultar e certificar-se das habilitações de cada politico. Não deve ser uma opção, mas uma condição contemplada numa lei própria para o efeito, pois como sabemos, nenhum trabalhador é admitido numa função numa empresa, sem referências e/ou curriculo académico/profissional. será verdade que o PS está "calado" neste caso da licenciatura de M. Relvas porque o Irmão Maçon António Seguro dos Bancos (da Universidade Lusófona) foi um dos professores envolvido no processo?...

Brutalidade Policial Russia: Polícia Russa Maltrata Jovens Activistas do Grupo Activista Femen Durante Os Protestos em Topless em Moscovo



Ativistas do Femen protestam contra as eleições russas

Ucranianas fazem "ingerência nua" na mesa de voto de Putin. Os protestos devem-se a fraude eleitoral
04 Março 2012



Três ativistas da organização feminista ucraniana Femen tiraram as roupas neste domingo para protestar contra o candidato favorito nas eleições presidenciais russas, o primeiro-ministro Vladimir Putin, no colégio onde minutos antes ele havia votado.

Ucranianas fazem "ingerência nua" na mesa de voto de Putin
04 Março 2012


A mesa de voto moscovita onde votou o candidato Vladimir Putin, eleito à primeira volta nas presidenciais da Rússia, foi alvo de um protesto do grupo feminista ucraniano Femen, cujas activistas apareceram despidas da cintura para cima e com mensagens dirigidas ao actual primeiro-ministro pintadas nos seus corpos. "Ladrão" foi um dos nomes utilizados nesta "ingerência nua" na política do país vizinho.



Nem mesmo as temperaturas abaixo de zero e os olhares incrédulos dos transeuntes travaram a acção de protesto.



09 Dezembro 2011 - 16h20
Eleições russas levam activistas a despirem-se
Moscovo



As activistas da grupo ucraniano FEMEN quiseram pôr tudo a nu sobre as eleições legislativas russas.

Policias prendem uma das ativistas do grupo ucraniano Femen em colégio eleitoral onde o primeiro-ministro Vladimir Putin vota, em Moscou, na Rússia. O grupo protesta contra as eleições russas, que acontecem neste domingo (4). No corpo da ativista está escrito "Roubo para Putin!". A frase se refere ao termo "partido de bandidos e ladrões" usado para descrever o Partido Rússia Unida, do primeiro-ministro Vladimir Putin



Ativista ucraniana do grupo Femen é presa ao protestar em um colégio eleitoral, em Moscou, na Rússia, durante as eleições presidenciais do país, neste domingo (4). No corpo da ativista está escrito "Roubo para Putin!". A frase se refere ao termo "partido de bandidos e ladrões" usado para descrever o Partido Rússia Unida, do primeiro-ministro Vladimir Putin. Os russos vão às urnas neste domingo e as pesquisas apontam que Putin é favorito e deve retornar ao poder



Policiais prendem e maltratam ucraniana do grupo Femen em colégio eleitoral onde o primeiro-ministro Vladimir Putin vota, em Moscou, capital da Rússia, neste domingo (4). No corpo da ativista está escrito "Roubo para Putin". Os russos escolhem neste domingo o substituto de Dmitri Medvédev. Entre os cinco candidatos, o atual primeiro-ministro Vladimir Putin é o favorito



Policias arrastam jovem ucraniana do grupo Femen durante o protesto no colégio eleitoral onde o Vladimir Putin vota, em Moscou, na Rússia, neste domingo (4). Houve fraude eleitoral.




Ativistas do grupo ucraniano Femen são detidas durante os protestos contra as eleições russas no colégio eleitoral no qual o primeiro-ministro Vladimir Putin votou, em Moscou, capital da Rússia, neste domingo

Policias prendem e maltratam uma ativista do grupo ucraniano Femen no colégio eleitoral onde o primeiro-ministro russo e favorito nas eleições Vladimir Putin vota, em Moscou, capital da Rússia, neste domingo (4). No corpo da ativista está escrito "Roubo para Putin!". A frase se refere ao termo "partido de bandidos e ladrões" usado para descrever o Partido Rússia Unida, do primeiro-ministro



Ativista do grupo ucraniano Femen protesta contra as eleições russas, realizadas neste domingo (4), no colégio eleitoral onde o primeiro-ministro e candidato favorito à presidência Vladimir Putin vota


Ativista ucraniana do grupo Femen é presa ao protestar em um colégio eleitoral, em Moscouvo, na Rússia, durante as eleições presidenciais do país, neste domingo (4). No corpo da ativista está escrito "Roubo para Putin!". A frase se refere ao termo "partido de bandidos e ladrões" usado para descrever o Partido Rússia Unida, do primeiro-ministro Vladimir Putin.

Write About Or Link To This Post On Your Blog - Easy Links :
Link Directly To This Post :

Link To The Homepage :

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são livres, portanto não expressam necessariamente a opinião do blog.
Usem-no com sapiência, respeito com os demais e fiquem a vontade.
A Administração do Website

Revolta Total Global Democracia Real Já

Democracia Real Ya
Saiba Quem Manda nas Agências de Rating
Saiba Como Funcionam, a Quem Benificiam e Servem os Ratings das Agências de Notação Financeira; Conheça a Moody's

Occupy The Banks

Conheça Dívida Soberana das Nações e o Império do Fundo Monetário Internacional FMI

World Revolution For Real Democracy Now
Conheça os Estatutos do FMI; Direito Especial de Saque Incluido

Take The Square

Occupy Everything

Tomem as Praças
Saiba Porque não Falam na Islândia

Recent Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...