... Julgo que depois destes malabarismos, os currículos das pessoas com funções políticas activas com o propósito de praticar o bem comum de uma nação, devem ser exigidos e publicados em Diário da Republica para qualquer cidadão poder consultar e certificar-se das habilitações de cada politico. Não deve ser uma opção, mas uma condição contemplada numa lei própria para o efeito, pois como sabemos, nenhum trabalhador é admitido numa função numa empresa, sem referências e/ou curriculo académico/profissional. será verdade que o PS está "calado" neste caso da licenciatura de M. Relvas porque o Irmão Maçon António Seguro dos Bancos (da Universidade Lusófona) foi um dos professores envolvido no processo?...

Atenas Grécia Praça Sintagma Notícias: Em Memória do Reformado Vítima de Suicídio Devido A Política de Ajuda Solidariedade Aos Bancos; Crise Social De Moral e Valores da Europa



Atenas; Grécia; Praça Sintagma Notícias; Memória do Reformado; Vítima de Suicídio; Devido; Política de Ajuda; Solidariedade; Bancos; Crise; Social; Moral; Valores; Europa; Dimitris Christoulas
Atenas Grécia Praça Sintagma Notícias:
Em Memória do Reformado Vítima de Suicídio
Devido A Política de Ajuda Solidariedade Aos Bancos;
Crise Social De Moral e Valores da Europa

Notícias de Atenas Praça Sintagma Homenagem Dimitris Christoulas Primeria Imolação Pública Na Europa por Causa da Crise

Solidariedade da parte doas vítimas de Portugal. Homenagem em memória de Dimitris Christoulas.


Atenas; Grécia; Praça Sintagma Notícias; Memória do Reformado; Vítima de Suicídio; Devido; Política de Ajuda; Solidariedade; Bancos; Crise; Social; Moral; Valores; Europa

Bandeira da Grécia; Greek Flag; World; Greek;; Grécia; Greece
Bandeira da Grécia
Solidariedade Todo O Mundo Com o Povo Grego
Greek Flag Solidarity All World With Greek People

Manifestação Povo Grego Sintagma Atenas Grécia; Manifestação Povo Grego; Praça Sintagma Atenas; Grécia Sob Ocupação da Alemanha; NAZI de Merkel
Manifestação Povo Grego Praça Sintagma Atenas
Grécia Sob Ocupação da Alemanha NAZI de Merkel

Desespero de Vítima da crise dos criminosos da banca leva-o a cometer acto de suicidio em frente ao Parlamento Grego, onde entretanto eclodem os protestos e a revolta popular



Ele estava aposentado e tinha problemas financeiros. "Eu não quero deixar dívidas aos meus filhos", disse ele antes de sacrificar sua própria vida. Então ele pegou numa arma e PUM!!!... deu um tiro na cabeça. No seu bolso estava uma carta explicando os motivos, a razão e ou razões de tal acto de desespero.



Notícias de Atenas Praça Sintagma Homenagem Dimitris Christoulas Primeria Imolação Pública Na Europa por Causa da Crise


As testemunhas não vão esquecer o suicídio ocorrido em Atenas, na Praça Syntagma (cujo nome Sintagma, significa Praça da Constituição), e que é a zona da cidade  de Atenas onde está localizado o Parlamento Grego. Aconteceu cerca das 09:00 hora local. O aposentado, de 77 anos, vítima dos políticos e banqueiros criminosos, chegou de metro, ao quadrado central da enorme praça Syntagma, curiosamente simbolo, palco dos protestos que os gregos têm protagonizado contra os cortes dos governos criminosos dos traidores Lukas Papadimos e seu antecessor, George Papandreou.


Quando chegou à Praça Syntagma, caminhou até junto de uma árvore situada no meio da grande esplanada que é a enorme e famosa Praça Sintagma... aí chegado, PUM!!!... deu um tiro na cabeça. Um trabalhador das limpezas da Câmara Municipal disse que pouco antes de o homem gritou: "Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."

"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."


No seu bolso foi encontrada uma carta em que explicava as razões do seu suicídio. "O governo eliminou qualquer esperança de que eu possa sobreviver e eu não posso obter justiça, eu não encontro outra forma de luta, não tenho outra solução, não tenho mais nenhuma forma de luta, a não ser dar um fim condigno a mim mesmo para não ter de começar a a procurar comida no lixo para matar a fome", diz a mensagem.

Seria bom que se pensasse nisto um pouco:

"O governo eliminou qualquer esperança de que eu possa sobreviver e eu não posso obter justiça, eu não encontro outra forma de luta, não tenho outra solução, não tenho mais nenhuma forma de luta, a não ser dar um fim condigno a mim mesmo para não ter de começar a a procura comida no lixo para me alimentar",

Que mundo é este?

"O governo eliminou qualquer esperança de que eu possa sobreviver"

"eu não posso obter justiça"

Que políticas são estas?

"Os mercados mandam!!!" - "O governo eliminou qualquer esperança de que eu possa sobreviver"

"as dívidas, os juro, e o défice" (os roubos de políticos e banqueiros) -  "mato-me para não ter de começar a a procurar comida no lixo para matar a fome"

Para onde nos dirgimos?

Levam-nos para o poço, lançam-nos ao abismo, vemos, ao nosso lado, cair um irmão após outro,  e no nosso egoismo continuamos a pensar: "Não me afecta,..." - "não é comigo..." - "eles que resolvam..."

Assim caminhamos á milhares de anos, deuses tornados bestas, com promessas de céu e excomunhão para purgatório e inferno,... tem sido assim que nos têm compartimentado, e colocado nos currais da escravidão, foi assim que surgiu a Santa Inquizição, foi assim que nasceu o NAZISMO alimentando as fornalhas e caldeiras deste inferno!... Somos todos culpados, o sangue deste homem pesa sobre a nossa cabeça, é certo que uns mais, outros menos

A informação portal Newsit disse que o homem era um farmacêutico afogado em dívidas. Ele era casado e tinha uma filha. O site também menciona um vizinho do falecido, que o define como "um homem calmo" de quem não era esperado tal acto.


Depois de ouvir a notícia, dezenas de pessoas reuniram-se na praça para homenagear o falecido. Numa carta publicada na árvore pode ser lido "JÁ CHEGA" e numa outra nota, alguém escreveu: "Quem será a próxima vítima?".

Kostas Lourantos, presidente da Associação Farmacêutica de Attica, disse a Newsit que o falecido foi membro da organização até 1994, altura em que vendeu a farmácia. "Lembro-me dele como um homem decente, com grande cortesia e tacto. Creio que foi por uma questão de dignidade, para não viver em condições degradantes... foi o desespero que o levou a este acto, que não só me deixa triste, mas também muito REVOLTADO. " De acordo com o farmacêutico, "não importa quem é o que ele fez, mas sim tê-lo feito pelo que os políticos, banqueiros e mercados lhe fizeram."

As pensões de reforma foram cortados em fevereiro deste ano, sofreram mais  um corte de 12%, e  outros foram reduzidos entre 10-20%, e os bens de consumo a subir em flecha.

Os suicídios têm aumentado significativamente nos últimos três anos na Grécia, devido à grave crise económica que o país enfrenta. Entre 2000 e 2008 houve uma média de 366 suicídios, uma das taxas mais baixas na Europa, de acordo com dados da Autoridade Grega de Estatística. Nos últimos três anos, o número de suicídios aumentou para quase o dobro. Em 2009 houve 507 suicídios, em 2010 havia 622, e 2011 foram registradas até dezembro do mesmo ano 598. A polícia alertou o Parlamento sobre o aumento da taxa de suicido relacionado com a austeridade, num relatório recente.

Estes números representam um aumento anual de entre 38% e 69% acima da média dos anos anteriores.


"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
"Eu não vou deixar dívidas para os meus filhos."
Que mundo é este?

"O governo eliminou qualquer esperança de que eu possa sobreviver"

"eu não posso obter justiça"

Que políticas são estas?

"Os mercados mandam!!!" - "O governo eliminou qualquer esperança de que eu possa sobreviver"

"as dívidas, os juro, e o défice" (os roubos de políticos e banqueiros) - "mato-me para não ter de começar a a procurar comida no lixo para matar a fome"

Para onde nos dirgimos?

Levam-nos para o poço, lançam-nos ao abismo, vemos, ao nosso lado, cair um irmão após outro, e no nosso egoismo continuamos a pensar: "Não me afecta,..." - "não é comigo..." - "eles que resolvam..."


Ξανά όλοι στο Σύνταγμα

Πιο δημοφιλή στο Facebook Troktiko no Facebook

ANONYMOUS PORTUGAL

https://www.facebook.com/WRevolution

Spanish Revolution

http://www.facebook.com/pages/Infobae-America/123523261017649

ΣΤΙΣ 16:00 ΟΛΟΙ ΣΤΗΝ ΠΛΑΤΕΙΑ ΣΥΝΤΑΓΜΑΤΟΣ, ΕΝΗΜΕΡΩΣΤΕ ΟΣΟΥΣ ΠΕΡΙΣΣΟΤΕΡΟΥΣ ΜΠΟΡΕΙΤΕ...
===============================
ΣΙΓΟΥΡΑ ΔΕΝ ΕΙΣΑΙ ΕΣΥ ΣΤΗ ΦΩΤΟ

ΣΙΓΟΥΡΑ ΔΕΝ ΕΙΝΑΙ ΚΑΠΟΙΟ ΑΓΑΠΗΜΕΝΟ ΣΟΥ ΠΡΟΣΩΠΟ

ΟΤΑΝ ΘΑ ΕΙΝΑΙ ΟΜΩΣ ΚΑΠΟΙΟ ΔΙΚΟ ΣΟΥ ΠΡΟΣΩΠΟ ΕΚΕΙ

ΚΑΙ ΘΑ ΖΗΤΗΣΕΙΣ ΝΑ ΣΕ ΒΟΗΘΗΣΩ ΔΕΝ ΘΑ ΕΧΩ ΦΑΓΗΤΟ ΟΥΤΕ ΕΓΩ

ΟΤΑΝ ΜΟΥ ΖΗΤΗΣΕΙΣ ΝΑ ΒΓΩ ΣΤΟ ΔΡΟΜΟ ΔΕΝ ΘΑ ΜΠΟΡΩ ΝΑ ΣΤΑΘΩ ΟΡΘΙΟΣ ΑΠΟ ΤΗΝ ΠΕΙΝΑ

ΤΩΡΑ ΠΟΥ ΜΠΟΡΟΥΜΕ ΘΑ ΕΝΩΘΟΥΜΕ ?

ΤΩΡΑ ΜΠΟΡΟΥΜΕ ΝΑ ΑΠΑΙΤΗΣΟΥΜΕ ΤΗΝ ΕΝΩΣΗ ΟΛΩΝ ΟΣΩΝ ΕΙΝΑΙ ΚΑΤΑ ΤΩΝ ΠΟΛΙΤΙΚΩΝ ΚΑΙ ΤΗΣ ΠΟΛΙΤΙΚΗΣ ΤΟΥ ΜΝΗΜΟΝΙΟΥ?

Write About Or Link To This Post On Your Blog - Easy Links :
Link Directly To This Post :

Link To The Homepage :

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são livres, portanto não expressam necessariamente a opinião do blog.
Usem-no com sapiência, respeito com os demais e fiquem a vontade.
A Administração do Website

Revolta Total Global Democracia Real Já

Democracia Real Ya
Saiba Quem Manda nas Agências de Rating
Saiba Como Funcionam, a Quem Benificiam e Servem os Ratings das Agências de Notação Financeira; Conheça a Moody's

Occupy The Banks

Conheça Dívida Soberana das Nações e o Império do Fundo Monetário Internacional FMI

World Revolution For Real Democracy Now
Conheça os Estatutos do FMI; Direito Especial de Saque Incluido

Take The Square

Occupy Everything

Tomem as Praças
Saiba Porque não Falam na Islândia

Recent Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...