... Julgo que depois destes malabarismos, os currículos das pessoas com funções políticas activas com o propósito de praticar o bem comum de uma nação, devem ser exigidos e publicados em Diário da Republica para qualquer cidadão poder consultar e certificar-se das habilitações de cada politico. Não deve ser uma opção, mas uma condição contemplada numa lei própria para o efeito, pois como sabemos, nenhum trabalhador é admitido numa função numa empresa, sem referências e/ou curriculo académico/profissional. será verdade que o PS está "calado" neste caso da licenciatura de M. Relvas porque o Irmão Maçon António Seguro dos Bancos (da Universidade Lusófona) foi um dos professores envolvido no processo?...

Centro Cultural Cisjordânia Ocupada, Palestina: Israel Raptou o Encenador Nabil Al-Raee e Esconde a Sua Situação; Director Artístico do Freedom Theatre Detido Ilegalmente em Regime de Detenção Administrativa em Prisão no Norte de Israel



Israel raptou o encenador Nabil Al-Raee e esconde a sua situação. O rapto ocorreu no Freedom Theatre, centro cultural, escola de teatro no Campo de Refugiados de Jenin, na Cisjordânia ocupada.

 

Nabil Al-Raee foi levado de sua casa com espingardas apontadas à cabeça e na presença da família, a filha, uma criança de dois anos, e a mulher, a atriz portuguesa Micaela Miranda. A única informação dada pelas autoridades israelitas, em 11 de Junho, dá conta de que o director artístico está detido numa prisão no norte de Israel, incontactável e sem ter sequer acesso ao seu advogado.


 

Nabil Al-Raee foi levado de sua casa com espingardas apontadas à cabeça e na presença da família, a filha, uma criança de dois anos, e a mulher, a atriz portuguesa Micaela Miranda.

Israel recorreu mais uma vez neste caso ao chamado regime de "detenção administrativa", prisão sem os mais elementares direitos e que se caracteriza pelo isolamento do detido, proibição de quaisquer contactos, mesmo com os advogados, ausência de acusação e de culpa formada, indefinição do período de privação da liberdade. Este regime esteve na origem da recente greve da fome de dois mil presos palestinianos, na qual o futebolista internacional Mohammed Serzak se mantém ao 85º dia, em risco de vida sem que as autoridades israelitas autorizem a transferência para um hospital.

A família, os amigos e os trabalhadores do teatro estão inquietos com a ausência absoluta de notícias do detido, recusando-se a Israel a prestar informações sobre as condições em que Nabil Al-Raee se encontra, as razões da detenção e o seu estado de saúde física e mental.


O Freedom Theatre é um centro cultural e uma escola de teatro no Campo de Refugiados de Jenin, na Cisjordânia ocupada e sob jurisdição parcial da Autoridade Palestiniana, absolutamente insuficiente perante os comportamentos violentos dos militares e dos colonos israelitas da vizinhança. Estes vivem em comunidades que não cessam de crescer – violando também as normas internacionais. O teatro foi fundado em 2006 e é frequentado sobretudo por jovens e crianças.

O centro cultural nasceu da iniciativa de Juliano Mer-Khamis, um judeu palestiniano que, juntamente com os seus colaboradores, entre eles Nabil Al-Raee, pretendia mobilizar uma população de dezenas de milhar de pessoas, entre elas uma maioria de jovens e crianças, através do teatro e da cultura para minimizar o sofrimento que é estar cercada por um muro de betão com três metros de altura, sujeito a incursões permanentes israelitas e de grupos de colonos armados. "Queremos dar a esperança de que há vida para lá deste cimento", dizem os responsáveis do teatro, que já fez digressões pela Europa e tem previstas, em Agosto, atuações em Guimarães, Cidade Europeia da Cultura.

Há pouco mais de um ano, Juliano Mer-Khamis foi assassinado a tiro e até ao momento nem a investigação israelita nem a palestiniana deram resultados.


Desde então o Freedom Theatre tornou-se um dos alvos favoritos das tropas israelitas, que desenvolvem uma rotina de rusgas nocturnas, intimidação, ameaça, detenções como a de Nabil Al-Raee. Por omissão permitem que os grupos de assaltos de colonos israelitas espalhem livremente o terror.

Na véspera da detenção de Nabil, este e a mulher foram vítimas de um ataque com uma bomba de atordoamento quando saiam de um supermercado.

A família, colegas, a equipa do teatro – com cerca de 20 membros – e organizações de direitos humanos e de solidariedade lançaram campanhas internacional de solidariedade com o diretor artístico do Freedom Theatre exigindo de Israel a sua libertação.

Write About Or Link To This Post On Your Blog - Easy Links :
Link Directly To This Post :

Link To The Homepage :

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são livres, portanto não expressam necessariamente a opinião do blog.
Usem-no com sapiência, respeito com os demais e fiquem a vontade.
A Administração do Website

Revolta Total Global Democracia Real Já

Democracia Real Ya
Saiba Quem Manda nas Agências de Rating
Saiba Como Funcionam, a Quem Benificiam e Servem os Ratings das Agências de Notação Financeira; Conheça a Moody's

Occupy The Banks

Conheça Dívida Soberana das Nações e o Império do Fundo Monetário Internacional FMI

World Revolution For Real Democracy Now
Conheça os Estatutos do FMI; Direito Especial de Saque Incluido

Take The Square

Occupy Everything

Tomem as Praças
Saiba Porque não Falam na Islândia

Recent Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...