... Julgo que depois destes malabarismos, os currículos das pessoas com funções políticas activas com o propósito de praticar o bem comum de uma nação, devem ser exigidos e publicados em Diário da Republica para qualquer cidadão poder consultar e certificar-se das habilitações de cada politico. Não deve ser uma opção, mas uma condição contemplada numa lei própria para o efeito, pois como sabemos, nenhum trabalhador é admitido numa função numa empresa, sem referências e/ou curriculo académico/profissional. será verdade que o PS está "calado" neste caso da licenciatura de M. Relvas porque o Irmão Maçon António Seguro dos Bancos (da Universidade Lusófona) foi um dos professores envolvido no processo?...

Corrupção Máfia Portuguesa: Empresas Interesses dos Deputados EuroMilhões Portugal! Parlamento Uma Mega Central de Negócios



EuroMilhões Portugal! Parlamento é «uma mega central de negócios».
Em causa as incompatibilidades dos deputados

Corrupção Máfia Portuguesa: Empresas e conflito de Interesses dos Deputados fazem do Parlamento Uma Mega Central de Negócios
Por: tvi24 / CLC | 29- 12- 2011 20: 59

A Organização Transparência e Integridade caracteriza o Parlamento como um «escritório de representações e uma mega central de negócios».

A associação acrescenta que um terço dos deputados estão em situação de conflito de interesses.

A comissão parlamentar de Ética, no entanto, não detectou qualquer caso menos claro.



Corrupção generalizada – esse flagelo em que estamos atolados !

No último programa «Olhos nos Olhos» da TVI24 (em 21/Nov), foi dito sobre a corrupção generalizada em Portugal tudo aquilo que toda a gente já sabe mas que continua a ser escondido publicamente, numa autêntica e bem orquestrada conspiração do silêncio por parte dos agentes políticos de topo e das altas esferas da Magistratura. Paulo Morais, ex-vereador da Câmara Municipal do Porto, e Medina Carreira, põem tudo "cá fora", numa sucessão de escândalos escabrosos, inadmissíveis num estado que se diz ser de “direito”.

Ali são ditas as verdades com que todos os dias nos defrontamos, tais como, “os políticos são maioritariamente corruptos; muitos chegaram com uma mala de cartão, filiaram-se num partido e enriqueceram” - “os mercenários da política são os decisores, aqueles que dominam os negócios e o orçamento de Estado”

- “a maior parte da corrupção resulta directa ou indirectamente do financiamento dos partidos, onde a figura do angariador (o homem da mala que vai às empresas pedir o dinheiro) chega a ter comissões entre 40, 60 e mesmo 85%” - “a política em Portugal transformou-se numa mega-central de negócios”

- “a promiscuidade entre as grandes empresas, os grandes grupos económicos, o estado e depois os lugares do governo, do parlamento e das Câmaras Municipais, é permanente e tem vindo a agravar-se nos últimos anos duma maneira absolutamente escandalosa” - “os nossos deputados, os nossos governantes, os nossos autarcas estão numa mesa defendendo os interesses do estado em nome do povo que os elegeu e ao mesmo tempo os interesses das empresas que lhes pagam”

- “não é por acaso que quando aparece alguém com mais independência é logo despachado”

- “tudo o que mexe com o BPN está contaminado, o BPN não foi um banco feito por banqueiros ou por investidores, mas um Banco já feito na sua origem por políticos”

- tudo o que mexe com os submarinos está contaminado,



- “tudo o que mexe com o caso Portucale está contaminado,

- “grande parte da corrupção em Portugal tem a ver com terrenos, onde alguém com poder ou com influência política consegue comprar um terreno a um agricultor e com a conivência do Governo ou da Câmara consegue alterar a classificação do solo, onde um terreno que valia antes 10 mil passa a valer depois 100 ou 150 mil, sendo isto uma prática generalizadíssima e a excepção o contrário. Useiros e beseiros nesta prática são os empresários que financiam os partidos”

- “só há dois negócios que geram margens de lucros de tão grande dimensão: - o urbanismo e ordenamento do território e o tráfico da droga”

- “a maioria da legislação que tem incidência nas áreas mais relevantes e mais sensíveis sob o ponto de vista económico e financeiro é deliberadamente confusa e ambígua, propositadamente feita por forma a que ninguém a perceba e com imensas excepções destinadas a favorecer os amigos” - “as leis que têm mais relevância económica são feitas nos escritórios de advogados mais poderosos do país”

– “os poderosos fazem tudo o que lhes apetece porque a lei é muito ambígua”

– “os altos dirigentes, tanto em Belém como em S. Bento e na PGR, sabem de tudo isto tão bem como nós mas nada fazem”

– “os altos dirigentes estão de braços cruzados perante a corrupção; existe um silêncio generalizado”.


Ministro dos Seguros de Saúde Millenium BCP




Write About Or Link To This Post On Your Blog - Easy Links :
Link Directly To This Post :

Link To The Homepage :

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os comentários são livres, portanto não expressam necessariamente a opinião do blog.
Usem-no com sapiência, respeito com os demais e fiquem a vontade.
A Administração do Website

Revolta Total Global Democracia Real Já

Democracia Real Ya
Saiba Quem Manda nas Agências de Rating
Saiba Como Funcionam, a Quem Benificiam e Servem os Ratings das Agências de Notação Financeira; Conheça a Moody's

Occupy The Banks

Conheça Dívida Soberana das Nações e o Império do Fundo Monetário Internacional FMI

World Revolution For Real Democracy Now
Conheça os Estatutos do FMI; Direito Especial de Saque Incluido

Take The Square

Occupy Everything

Tomem as Praças
Saiba Porque não Falam na Islândia

Recent Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...